COMO FUNCIONA O USO DE MODAIS EM INGLÊS? APRENDA AGORA!

YZG | Inglês
Campanha 70 anos

02

FEV

Em português, o mesmo verbo pode ser usado em diferentes contextos. Por exemplo, “poder” serve para falar da capacidade de realizar algo, mas também é usado em permissões e até possibilidades. Já os modais em inglês são verbos especiais que, ao contrário do nosso idioma, especificam cada sentido. 

Eles são superimportantes para quem quer dominar a fluência porque são usados em diferentes contextos. Ou seja, adicionam significados específicos às frases, o que ajuda você a compreender melhor o que a pessoa quer dizer. 

Por causa dessa diferença com o português, os modais na língua inglesa podem ser um desafio para quem está aprendendo, mas eles não são impossíveis. A seguir, confira a explicação de cada um e saiba quando usá-los com exemplos práticos.

Boa leitura! 

Como é o uso de modais em inglês na prática? 

O inglês é um idioma incrível para você aprender e se tornar um cidadão do mundo. Estudando com filmes e séries, além de músicas, ele fica ainda mais fácil e divertido. Porém, em alguns conteúdos precisamos nos voltar para os livros e compreender as regras gramaticais que os envolvem, como no double negative ou nos modais em inglês. 

No caso destes, são vários os casos que você deve aprender em diferentes contextos. Veja sobre eles a seguir! 

Uso de "can" e "could" para habilidades, permissões e pedidos  

Estudando a gramática em inglês, alguns dos primeiros modal verbs (verbos modais) que você vai aprender são can e could. O primeiro é o verbo “poder” e o segundo pode ser o passado de can (poderia). 

Vamos começar entendendo melhor o can. Ele é usado para falar de habilidades, pedidos, possibilidades e permissões. Olha só: 

  • I can swim very well — Eu posso nadar muito bem. 
  • Can you give me a chocolate? — Você pode me dar um chocolate? 
  • It can rain today — Pode chover hoje. 
  • Can I enter? — Posso entrar?

Na negativa, o can fica “can not” ou “can’t” — ou, ainda, “cannot”. Aqui, ele apresenta um desafio de pronúncia: quando você fala “I can’t”, soa muito parecido com “I can”. Por isso, é preciso dar ênfase no “can’t”. 

Já o could também expressa habilidade, possibilidade e permissão: 

  • She could run 20 miles — Ela podia correr vinte milhas. 
  • I could go if my mom let me — Eu poderia ir, se minha mãe deixasse. 
  • Could you pick up the mail please? — Você poderia pegar a correspondência, por favor? 

Nesse caso de permissão, o could é um jeito mais educado que can, e seu negativo é could not ou couldn’t. 

Expressão de possibilidades e permissões com "may" e "might"  

Para usar com os pais, fazer uma entrevista de emprego ou falar com alguém mais velho, o may é um dos modais em inglês usados para demonstrar respeito. 

Ele também significa “poder”, mas é mais formal, e você pode usá-lo para fazer pedidos e negar com gentileza. 

  • May I ask you out? — Posso te chamar para sair? 
  • Mrs. Silva you may not enter here — Senhora Silva, a senhora não pode entrar aqui. 

Já na forma negativa, o may deve ser sempre “may not.” Por sua vez, o might indica uma possibilidade que pode ou não acontecer — tanto no presente, quanto no futuro. 

  • I might go to your party on Saturday — Pode ser que eu vá na sua festa no sábado. 
  • The flight might arrive at 3 pm — O voo deve chegar/pode chegar às 3 da tarde. 

Outra forma mais informal que você pode ver substituindo o might no dia a dia é “maybe I will.” No nosso exemplo, ficaria: 

  • Maybe I will to your party on Saturday — Talvez eu vá na sua festa no sábado. 

Diferenças entre "must" e "have to" para obrigações e necessidades  

Dentre os modais em inglês que podem gerar alguma dúvida, o “must” é um caso específico. Isso porque o sentido dele é muito parecido com o verbo “have to” (ter que), o que faz com que algumas pessoas não saibam quando usar um ou outro — mas é fácil! 

Vamos começar pelo must. Ele é usado com proibições (no caso negativo) e obrigações, além de indicar certeza em uma afirmação. 

  • You must not go there — Você não pode ir lá. 
  • I must go to school — Eu tenho que ir para a escola. 
  • This jeans must not fit because it’s not my size — Este jeans não deve servir porque não é do meu tamanho. 

Já o “have to” tem o mesmo sentido de must em uma frase afirmativa. Porém, se for negativa, há diferença: must é mais sério, como uma proibição. 

  • I don’t have to eat broccoli — Eu não tenho que comer brócolis. 
  • I must not eat broccoli, because I’m allergic — Eu não posso comer brócolis porque sou alérgico. 

Sugestões e conselhos com "shall" e "should"  

Outros modais em inglês muito utilizados, shall e should têm suas diferenças. 

Should tem indicação de sugestão. Ou seja, quando você quer a sugestão de alguém ou quando quer dar uma opinião ou conselho. 

  • Do you think I should buy this bag? — Você acha que eu deveria comprar esta bolsa? 
  • I think you should talk to your mom — Acho que você deveria falar com a sua mãe. 

Já o shall é muito popular no inglês britânico. Ele serve para diferentes contextos, por exemplo, para fazer um convite ou sugestão, para indicar algo que acontece sob uma condição e para dar ênfase. 

  • Shall we go dining out tonight? — Vamos jantar fora esta noite? 
  • I shall call you when I arrive at home — Devo te ligar quando chegar em casa. 
  • You shall not pass! — Você não deve passar! (sim, a fala de Gandalf, que virou meme).

Desejos, pedidos e situações hipotéticas com "would" e "will" 

Por fim, outros modais em inglês que você deve treinar bastante são would e will. O primeiro é usado para situações hipotéticas, expressar um desejo e fazer ofertas. Já o will serve para indicar uma ação no futuro, com quase certeza, ou também para prometer algo. 

  • I would travel if I have money — Eu viajaria, se tivesse dinheiro. 
  • I would love to have a red coat — Eu amaria ter um casaco vermelho. 
  • Would you like to go with me? — Gostaria de ir comigo? 
  • I will travel next month — Vou viajar no mês que vem. 
  • I will do my homework tomorrow — Eu vou fazer minha lição de casa amanhã. 

Os verbos modais em inglês servem para contextualizar frases em diferentes contextos: formais, informais, possibilidades, permissões e proibições são alguns exemplos. Por seu uso prático, é importante entendê-los, já que usando cada um, você consegue uma comunicação clara e eficaz, além de demonstrar domínio do idioma. 

Falando nisso, quer saber qual é o seu nível de influência em inglês? Descubra!

Twitter Tweetar
Facebook Compartilhar
WhatsApp Enviar
©Yázigi Todos os direitos reservados.
Av. João Scarparo Netto, 84 Condomínio Unique Village - Santa Genebra 13080-655 - Campinas/SP
Pearson - Always Learning