O GUIA COMPLETO DOS ARTIGOS EM INGLÊS!

YZG | Inglês
Campanha 70 anos

16

JAN

Você também tem dúvidas sobre como usar artigos em inglês? Saiba que não é a única pessoa! Na língua inglesa, o uso das palavras que vêm antes dos substantivos é um pouco diferente do português, e por isso é normal fazer algumas confusões.

Por outro lado, esses elementos são muito importantes para construir frases com clareza e melhorar a precisão na comunicação. Por isso, é interessante a gente saber como usar os artigos definidos e indefinidos. Eles servem para falar de algo específico ou de uma coisa não específica, respectivamente.

Quer ajuda com os artigos em inglês? É só acompanhar este guia para tirar as suas dúvidas sobre o assunto!

Quando usar "the"

O “the” é o artigo definido em inglês que você vai usar sempre ao lado de substantivos específicos, entidades únicas e superlativos. Na prática, o “the” é traduzido como os “a”, “o”, “as” e “os” em português.

Com exemplos tudo fica ainda mais fácil de entender. Vamos supor que você quer falar sobre o vizinho que mora no apartamento ao lado para a sua mãe. Como todo mundo sabe quem é a pessoa e onde ela vive, em inglês, você pode usar “The boy who lives next door” (O garoto que mora ao lado) que vai dar tudo certo.

Agora, como você viu, os artigos no plural também são traduzidos, em inglês, com o “the”. Sendo assim, para falar sobre as maçãs na geladeira, é só dizer “The apples on the fridge”. Perceba que, como o substantivo está pluralizado, é possível identificar que se trata de mais de um objeto, mesmo que o "the" continue igual.

O “the” só não vai ser usado na hora de falar sobre nomes de pessoas, cidades ou idiomas, embora existam exceções. No geral, para falar, por exemplo “Ana sabe que inglês é o idioma do Canadá”, é possível omitir os artigos, como “Ana knows that English is the language of Canada”.

Inclusive, um detalhe interessante da frase do exemplo anterior é que, em inglês, os nomes dos idiomas são iniciados em letra maiúscula, assim como as nacionalidades e os países.

"The" e instrumentos musicais

Por fim, uma curiosidade: em inglês, quando falamos sobre tocar um instrumento, é comum dizer "I play the guitar" (Eu toco a guitarra) ou "She plays the piano" (Ela toca o piano), sempre incluindo o "the" antes do instrumento.

Isso contrasta com o português, no qual simplesmente dizemos "tocar guitarra" ou "tocar piano", sem o uso do artigo. Esse pequeno detalhe linguístico realça uma das muitas nuances que tornam o aprendizado de idiomas tão fascinante e importante para entender as sutilezas e as diferenças culturais na comunicação.

Quando usar 'a'

O “a” é utilizado sempre que você quiser falar sobre algo não muito específico. Isso porque é um dos artigos indefinidos em inglês. A curiosidade é que o “a” só é usado antes de palavras que começam com consoantes e no singular.

Na tradução, o “a” substitui os nossos termos “um”, “uma”, “uns” e “umas”. Por isso, não é utilizado antes de plurais. Confira alguns exemplos:

  • “A flower” (Uma flor);
  • “A table” (Uma mesa);
  • “A car” (Um carro);
  • “A school” (Uma escola);
  • “A man and a boy” (Um homem e um menino);
  • “A woman and a girl” (Uma mulher e uma menina).

Quando nos referimos a substantivos no plural, como “men” (homens) e “women” (mulheres), normalmente não utilizamos um artigo indefinido (“a” ou “an”). Por exemplo, é incorreto dizer "a men" ou "an women".

Em vez disso, usamos o artigo definido “the” para se referir a um grupo específico, como em “The men in the room” (Os homens da sala), ou nenhum artigo para falar de forma geral, como em “Men are strong” (Homens são fortes).

Ou, ainda podemos usar palavras que falam sobre coisas que não são contáveis, como “some” (alguns(as)) e “many” (muitos(as)). Por exemplo:

  • “Some women are teachers” (Algumas mulheres são professoras).
  • “Many men like sports” (Muitos homens gostam de esportes).

Isso também vale para substantivos incontáveis. Substantivos incontáveis são aqueles que não podem ser contados individualmente porque representam uma massa ou um conceito geral. Exemplos comuns são “sand” (areia), “water” (água) e “money” (dinheiro).

Geralmente, usamos o artigo definido “the” com esses substantivos quando nos referimos a algo específico. Por exemplo:

  • “The sand on this beach is white” (A areia desta praia é branca);
  • “The water in the bottle is cold” (A água na garrafa está fria).

Quando queremos usar um artigo indefinido com substantivos incontáveis, precisamos transformá-los em algo contável. Isso geralmente é feito adicionando uma medida ou um recipiente. Por exemplo:

  • “A grain of sand” (Um grão de areia).
  • “A glass of water” (Um copo de água).
  • “A piece of advice” (Um conselho).

Quando usar 'an'

O “an” também é um artigo indefinido e vai ser usado sempre que a palavra começar com uma vogal ou tiver som de vogal. Por isso, é sempre importante ler e verificar a sonoridade do substantivo para saber como usar os artigos. Se tiver dúvida, consulte um dicionário de sons, como o Forvo.

Inclusive, essa é a única diferença entre “a” e “an”. Por isso, é preciso ficar de olho para não cometer erros. Para pegar a prática, confira esses exemplos:

  • “An apple” (Uma maçã);
  • “An arm” (Um braço);
  • “An hour ago” (Uma hora atrás).

Exceções e casos especiais

Existem algumas exceções no uso dos artigos em inglês ou aplicações específicas em algumas expressões. Conhecê-las é interessante para saber como falar corretamente determinadas frases ou citar lugares. Saiba mais!

Expressões

Assim como no português, existem diversas expressões idiomáticas em inglês. Em alguns momentos, vão usar mais artigos do que o comum na língua, assim como podem posicioná-los em lugares incomuns. Confira alguns exemplos:

  • “A dime a dozen” — expressão utilizada para falar quando algo é comum, faz parte do cotidiano. Significa literalmente "um dime (moeda de dez centavos) por uma dúzia", sugerindo que algo é barato ou abundante;
  • “Call it a day” — usada para indicar que alguém decidiu parar o que está fazendo, geralmente depois de um longo período de trabalho. É como dizer "por hoje é só" em português;
  • “A bird in the hand is worth two in the bush” — equivalente à expressão brasileira “Mais vale um pássaro na mão do que dois voando”, para dizer que nem sempre é interessante arriscar em opções que se podem perder;
  • “Break a leg!” (Quebre a perna!) — expressão para desejar sorte a alguém.

Nomes de países

Muita gente fica em dúvida sobre como falar de nomes de países. Saiba desde já que o uso do artigo definido "the" em inglês com nomes de países depende da forma como o nome do país é estruturado.

Normalmente, utilizamos "the" com nomes de países que são plurais, que indicam um grupo de ilhas ou que incluem palavras como "republic", "kingdom", "states" etc. Por exemplo:

  • “The United States of America” (Os Estados Unidos da América).
  • “The Netherlands” (Os Países Baixos).
  • “The United Kingdom” (O Reino Unido).

Por outro lado, a maioria dos nomes de países singulares não usa o artigo "the". Por exemplo:

  • “Brazil” (Brasil), não "The Brazil".
  • “China” (China), não "The China".

E, para dizer que você esteve em algum país, não é necessário usar o artigo. Olha só:

  • “I came from Brazil” (Eu vim do Brasil), não "I came from the Brazil";
  • “In Mozambique we speak portuguese” (Em Moçambique, falamos português), e não "In the Mozambique we speak portuguese".
  • “I am from Italy” (Eu sou da Itália), não "I am from the Italy".
  • “We traveled to Japan” (Viajamos para o Japão), e não "We traveled to the Japan".

Substantivos coletivos

Os substantivos coletivos são palavras utilizadas para falar de grupos, como espécies, pessoas, objetos etc. No geral, é um termo no singular usado para falar sobre um conjunto de coisas, como as palavras “enxame”, “alcateias” e “turma” que temos em português.

Em inglês, os substantivos coletivos vêm acompanhados de artigos indefinidos. Esse é o caso de “a swarm”, “a pack” e “a class”. No entanto, na lista de substantivos coletivos, entram muitos outros, como:

  • “A herd” (A manada);
  • “A school of fish” (O cardume de peixes);
  • “An army” (Um exército).

Artigos antes de pronomes? No Brasil é diferente... 

No Brasil, é comum utilizarmos artigos antes de pronomes, como “O meu carro”. Já, em inglês, isso não acontece, pois não podemos ter dois determinantes ligados a um mesmo substantivo.

Os artigos surgem apenas diretamente antes dos substantivos, então uma tradução literal, como “The my car”, definitivamente, não é a forma correta de falar em inglês. 

Conhecendo as principais regras e os casos especiais de artigos em inglês, a fala e a sua escrita podem se tornar mais precisas. Sendo assim, quanto mais você aprende e pratica essa estrutura no idioma, mais eficaz tende a ser a sua comunicação.

Quer saber como estão os seus conhecimentos? Teste o seu nível de inglês e saiba como direcionar os estudos!

Twitter Tweetar
Facebook Compartilhar
WhatsApp Enviar
©Yázigi Todos os direitos reservados.
Av. João Scarparo Netto, 84 Condomínio Unique Village - Santa Genebra 13080-655 - Campinas/SP
Pearson - Always Learning