INVESTIR NO MERCADO DE EDUCAÇÃO NO BRASIL: OPORTUNIDADE OU PERDA DE TEMPO?

YZG | Franquias

27

JAN

O mercado de Educação no Brasil é o que mais cresce, isso é o que aponta a pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De 2013 a 2017, o número de empresas ligadas ao segmento aumentou 37,5%: foram criadas cerca de 500 mil organizações educacionais somente nesse período, mesmo com a crise — quando o número de empresas ativas no Brasil vem reduzindo.

E não é só por isso que investir em escolas de idiomas representa uma boa oportunidade de negócio. Neste artigo, mostraremos os principais motivos pelos quais o mercado de Educação no Brasil é favorável para quem deseja investir. Confira!

Mercado de Educação no Brasil: Rápido retorno do investimento

Somente as escolas de idioma movimentam mais de 35 bilhões de reais no Brasil. Destes números, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), as franquias cujos serviços são educacionais — como as escolas de inglês — movimentaram mais de 3,2 milhões de reais no país, somente no primeiro trimestre de 2019.

Com os índices crescentes de faturamento, esse é um mercado que apresenta um rápido retorno do investimento: em média de 12 a 18 meses.

Setor com alto potencial de crescimento

O mercado de educação no Brasil, com as escolas de idioma, tem alto potencial de crescimento, já que apenas 5% da população brasileira fala um segundo idioma e melhor: apenas 3% tem nível de fluência em inglês. Em números reais, significa dizer que dos mais de 208 milhões de habitantes no Brasil, 197,4 milhões não sabe se comunicar com um idioma diferente do nativo.

E, dos 23 milhões de brasileiros interessados e capitalizados para o estudo, apenas 3 milhões de brasileiros estão matriculados em uma escola de idioma. Ou seja, esse é um mercado com alto potencial de crescimento — interessante para quem deseja fazer um bom investimento.

Busca por profissionalização para o mercado de trabalho

Além dos números favoráveis, outra característica que faz do mercado de Educação no Brasil uma área aquecida é a busca do brasileiro por profissionalização como uma forma de garantir seu espaço no mercado de trabalho.

E, em meio à crise, as escolas de inglês ou outros idiomas se apresentam como oportunidade de qualificação. Afinal, o segundo idioma quando não é pré-requisito para a vaga, é muito bem-visto como habilidade pelas grandes empresas.

Mas a habilidade de se comunicar em outro idioma serve não somente para garantir a oportunidade de trabalho. Outro fator preponderante é que a fluência na língua inglesa pode representar um salário até 61% maior no fim do mês, de acordo com pesquisa divulgada pela Catho.

Então, em um cenário em que se mescla a crise e a alta concorrência para as oportunidades de emprego, o investimento em escola de idiomas tende a ser promissor e favorável.

Rede com empresas líderes de mercado

Um mapeamento feito pela Associação Brasileira de Franchising aponta que 2 das 10 maiores franquias do Brasil são de serviços educacionais.

Ao ingressar no mercado de franquias com o apoio de marcas que são líderes, ganha-se uma garantia de segurança, credibilidade e lucratividade. Isso porque as grandes franqueadoras apresentam uma forte estrutura interna de apoio à rede, robusto planejamento de expansão, além de expertise no mercado de atuação para compartilhar com os franqueados.

Maior flexibilidade e menor investimento

Quando comparado ao investimento em outros tipos de franquias, abrir uma escola de idioma custa muito menos para o bolso do franqueado. Isso porque o formato de ensino no Brasil vem se modernizando, abrindo possibilidade de educação a distância, por meio da internet, e do sistema home based — quando o docente utiliza a própria casa como unidade de ensino.

Além disso, as franquias de escolas de idioma requerem menos metros quadrados para iniciar a operação, bem como um número de funcionários reduzidos, o que, claro, significa menos custos. Assim, o retorno do investimento também tende a ser mais rápido.

Outra característica que torna a abertura de uma escola de inglês ou outros idiomas atrativa é a maior flexibilidade do negócio. O modelo pode ir além do ensino tradicional da segunda língua e atrair pessoas com diferentes objetivos: desde aquelas que buscam viagens internacionais até interessadas em treinamentos específicos para aprovação em testes de proficiência.

Este é um momento favorável para quem deseja investir no mercado de educação no Brasil.

Em meio à crise, o setor vem crescendo quando os negócios seguem no caminho oposto. Aliado a isso, o brasileiro aposta, cada vez mais, na qualificação e na profissionalização para a assegurar sua presença no mercado de trabalho — fatores que tornam oportunidade o investimento em uma escola de idioma.

Se interessou no assunto e quer saber mais? Então, veja as 5 razões para investir em franquia de idiomas. 

Tweetar
Compartilhar
+1
©Yázigi Todos os direitos reservados.
Av. João Scarparo Netto, 84 Condomínio Unique Village - Santa Genebra 13080-655 - Campinas/SP
Pearson - Always Learning