ENSINO INFANTIL: COMO INTRODUZIR O INGLÊS NO COTIDIANO DAS CRIANÇAS?

YZG | Franquias
Campanha 70 anos

24

SET

Uma iniciativa válida para as escolas que buscam um diferencial é adotar práticas para introduzir o inglês no cotidiano das crianças do Ensino Infantil.

Quando o assunto é aprendizagem de idiomas, algo em que os especialistas concordam é que, quanto antes começar a exposição, melhor.

Na dissertação de mestrado Vantagens e desvantagens do ensino de língua estrangeira na educação infantil, a pesquisadora Simone Silva Pires, da UFRGS, faz uma extensiva revisão dos estudos existentes.

Ela mostra que, idealmente, o aprendizado deve começar antes dos seis anos. Uma pessoa que tem contato com o inglês desde as primeiras fases da infância terá muito mais facilidade para aprendê-lo.

A questão, portanto, é como trazer a língua inglesa para o dia a dia das crianças em sua escola. Veja algumas alternativas!

>> Leia Também: A importância dos materiais didáticos para o ensino de inglês

Promover brincadeiras em inglês no Ensino Infantil

Os momentos de brincadeira fazem parte da rotina escolar. Essas oportunidades podem ser aproveitadas para introduzir a língua inglesa.

Enquanto brincam, os pequenos se divertem e aprendem o idioma sem qualquer pressão. Mesmo que eles errem ou esqueçam, não tem problema.

  • ensine às crianças o jogo de tag em vez de pega-pega;

  • leve-as ao parquinho, onde elas vão conhecer palavras como swings (balanço), marry-go-round (carrossel) e slide (escorregador);

  • estimule o uso dos nomes de brinquedos em inglês: dolls (bonecas), teddy bears (ursinhos) e toy cars (carrinhos).

Utilizar jogos em inglês

Essa é uma continuação da dica anterior. Os games, digitais ou não, são uma ótima opção para promover o contato com a língua inglesa.

Tenha em mente que eles dependem de instruções. Em um jogo de tabuleiro, por exemplo, é preciso andar três casas, tirar uma carta ou voltar para o começo.

Todas essas são frases simples e curtas que aparecem repetidamente. Por isso, a criança tem facilidade para entender o que elas significam e aplicá-las na prática.

Exibir animações em inglês

Os desenhos animados são um dos passatempos favoritos das crianças e oferecem outra excelente oportunidade para incentivar o contato com a língua inglesa no Ensino Infantil.

Um dos pontos positivos desse instrumento é ser extremamente visual. Isso permite que o pequeno entenda o que é dito com a ajuda das pistas contextuais oferecidas pelas imagens.

Além disso, os desenhos animados podem ser exibidos com legendas em português. Assim, as crianças que já estão sendo alfabetizadas comparam falas e textos, para deduzir os significados das palavras.

Usar canções em inglês

Embora as músicas não tenham o mesmo apelo visual dos desenhos, elas também são recursos úteis para introduzir a língua inglesa no cotidiano do Ensino Infantil.

Um dos caminhos possíveis é ensinar às crianças canções simples em inglês e estimular o grupo a cantar.

Assim, elas praticam desde cedo a habilidade oral, que muitas vezes é o ponto de maior dificuldade dos jovens e adultos que aprendem o idioma.

Vale a pena ressaltar que o mais importante, nesse momento, não é que as crianças tenham domínio absoluto da pronúncia do inglês.

O que realmente interessa é que elas se sintam confortáveis para falar — isto é, cantar — com os amiguinhos, mesmo que cometam erros.

Contar histórias em inglês

Certamente, uma das atividades favoritas das crianças na Educação Infantil é a hora da contação de histórias.

Enquanto escutam, elas colocam sua imaginação em ação, criando os cenários, os personagens e as situações que o professor narra. Em inglês, não é diferente.

O que as crianças não percebem é que, além de estimular a criatividade, essa atividade envolve a prática da compreensão oral.

A capacidade de entender o que é falado em inglês é fundamental no mundo real. Porém, ela também é difícil de desenvolver.

Quando pessoas conversam, elas nem sempre usam um ritmo ou tom de voz que favorece o entendimento.

Para que um adulto consiga lidar com esse tipo de situação, ele precisa ter praticado a compreensão oral desde cedo.

Com a contação de histórias, a criança tem a oportunidade de começar a desenvolver a capacidade de entender em inglês.

Naturalmente, ela tem contato com uma fala simplificada para o seu nível de compreensão, com ritmo e tom adequados.

Além disso, por ser uma atividade recreativa, não existe pressão para que ela entenda tudo que está sendo dito.

Com o tempo, o grau de dificuldade aumenta, até que essa criança se torne um indivíduo capaz de participar de conversas naturais na língua inglesa, sem tropeçar na compreensão oral.

Dar comandos em inglês

Outra prática bastante simples que pode ser adotada no Ensino Infantil é dar instruções às crianças.

Em uma sala, o professor dá comandos o tempo todo: sentar, levantar, pegar o caderno, guardar os lápis, apagar o quadro, jogar o lixo fora, arrumar a mochila etc.

Todas essas são frases simples, que podem ser ensinadas em inglês e usadas rotineiramente com as crianças.

Uma boa alternativa é começar com apenas duas ou três instruções básicas. Então, o professor aumenta progressivamente a quantidade e complexidade.

Dessa maneira, as crianças não se sentem intimidadas pela mudança. Também é provável que toda a turma consiga acompanhar essa transição gradual.

Estimular a comunicação em inglês no Ensino Infantil

As instruções partem do professor e vão para as crianças. No entanto, também é interessante estimular que os pequenos se comuniquem em inglês entre si, usando ativamente o idioma.

Tudo começa pelo exemplo. Se o docente usar a língua inglesa para conversar com os alunos, eles vão se sentir incentivados a fazer o mesmo.

Como sempre, começar simples é o melhor caminho.

Por exemplo, quando as crianças chegarem à sala, o professor pode cumprimentá-las com "good morning". Quando a aula acabar, ele pode se despedir com "see you tomorrow".

Para estimular ainda mais a comunicação em inglês partindo dos pequenos, é interessante que essa prática não fique restrita ao docente.

Quanto mais a criança puder ver pessoas dentro da comunidade escolar usando a língua inglesa, mais ela vai se sentir incentivada a usá-la também.

Portanto, todos, do coordenador pedagógico ao inspetor, podem participar dessa iniciativa.

Adaptar uma escola para que o inglês não seja apenas mais uma aula, mas realmente parte de toda a experiência de ensino oferecida aos alunos, não é um processo tão simples.

Felizmente, para realizar essa adaptação com sucesso, você pode contar com o Yázigi Learning Experience (YLE).

Com o YLE, você aproveita a experiência e a metodologia do Yázigi para implementar um incremento à grade curricular ou até mesmo um programa bilíngue.

Assim, coloca seus alunos desde a Educação Infantil no caminho para a fluência em inglês.

Acesse o site e saiba mais sobre o YLE!

Twitter Tweetar
Facebook Compartilhar
WhatsApp Enviar
©Yázigi Todos os direitos reservados.
Av. João Scarparo Netto, 84 Condomínio Unique Village - Santa Genebra 13080-655 - Campinas/SP
Pearson - Always Learning