DIA DO ROCK: 13 MÚSICAS EM INGLÊS PARA CELEBRAR O GÊNERO

YZG | Músicas

10

JUL

13 de julho é dia de celebrar o mais rebelde dos gêneros musicais, que influencia o comportamento de jovens no mundo todo desde o seu nascimento no final dos anos 1940: o rock’n’roll. Seus quase 80 anos de músicas vibrantes já colocaram diversas gerações para dançar, pular e gritar, e com certeza são merecedores de um dia próprio para lembrar a importância do rock para a música mundial.

O Dia do Rock nasceu durante o festival Live Aid, em 1985. O evento era uma ação beneficente para a erradicação da fome na Etiópia, com shows simultâneos na Filadélfia, nos Estados Unidos, e em Londres, na Inglaterra, e contou com alguns dos maiores nomes do rock internacional como The Who, Queen, BB King e Led Zeppelin. Phill Collins, vocalista da banda Genesis, que também se apresentava no evento, anunciou durante a performance que aquele deveria se tornar o Dia Mundial do Rock, por reunir tantas lendas do gênero em um só evento.  

A data não poderia passar em branco aqui no blog do Yázigi, e separamos 13 hinos em inglês do rock’n’roll para celebrar a sua história. Confira:

CHUCK BERRY – JOHNNY B. GOODE (1958)

Para começar a nossa lista, uma das canções mais famosas do pioneiro do rock’n’roll, Chuck Berry, que começava a sua carreira nos anos 50.

Deep down in Louisiana, close to New Orleans

Way back up in the woods among the evergreens

There stood a log cabin made of earth and wood

Where lived a country boy named Johnny B. Goode

Who never ever learned to read or write so well

But he could play a guitar just like a-ringin' a bell

THE WHO – MY GENERATION (1965)

Durante os anos 60, acontecia a “invasão britânica”, um superfluxo de bandas e artistas britânicos invadindo as rádios de todo o mundo com a sua versão do rock. Uma dessas bandas era o The Who, e “My Generation” marcava o espírito de liberdade e desafio às regras do período.

People try to put us down

(Talkin' 'bout my generation)

Just because we get around

(Talkin' 'bout my generation)

Things they do look awful cold

(Talkin' 'bout my generation)

Hope I die before I get old

(Talkin' 'bout my generation)

THE ROLLING STONES – (I CAN’T GET NO) SATISFACTION (1965)

“(I Can’t Get No) Satisfaction” é lembrada por um das maiores bandas de rock do mundo, os também britânicos Rolling Stones. Lançada em 1965, o espírito rebelde da música é marcante do estilo da banda, que teve uma enorme influência sobre o comportamento da juventude da época.

When I'm drivin' in my car

And that man comes on the radio

He's tellin' me more and more

About some useless information


Supposed to drive my imagination

I can't get no

Oh, no, no, no

Hey, hey, hey

That's what I say

I can't get no satisfaction

JANIS JOPLIN – ME AND BOBBY MCGEE (1971)

O fim dos anos 1960 e o início dos anos 1970 trouxeram o rock psicodélico de Grateful Dead, Jefferson Airplane, Jimi Hendrix e a “rainha do rock”, Janis Joplin.

I pulled my harpoon

Out of my dirty red bandana

I was playin' soft

while Bobby sang the blues

Windshield wipers slappin' time

I was holdin' Bobby's hand in mine

We sang every song that driver knew

LED ZEPPELIN – ROCK AND ROLL (1971)

Misturando influências do blues às guitarras pesadas, que futuramente dariam origem ao Heavy Metal, o Led Zeppelin lançou seu primeiro álbum em 1969 e é considerado até hoje um dos grupos mais completos da história da música.

It's been a long time since I rock and rolled

It's been a long time since I did the stroll

Let me get it back, let me get it back

Let me get it back, baby, where I came from

It's been a long time, been a long time

THE RAMONES – BLITZKRIEG BOP (1976)

Os anos 1970 foram berço de diversas vertentes do rock, entre elas o Punk: músicas “rápidas”, produzidas com os famosos três acordes e letras mais agressivas. Algumas das bandas mais conhecidas do gênero foram Sex Pistols, New York Dolls, Stooges e os lendários Ramones.

Hey ho, let's go!

They're forming in a straight line

They're goin’ in a tight wind

The kids are losing their minds

Blitzkrieg Bop


They're piling in the backseat

They're generating steam heat

Pulsating to the back seat

Blitzkrieg Bop

BLACK SABBATH – IRON MAN (1971)

O Black Sabbath representa outra vertente nascida nos anos 1970, o Heavy Metal. Um rock mais “alto”, com o timbre saturado e distorcido dos amplificadores criando uma atmosfera “sombria” para as músicas.

He was turned to steel

In the great magnetic field

When he travelled time

For the future of mankind

QUEEN – WE ARE THE CHAMPIONS (1977)

O Queen marca o fim dos anos 1970 e começo dos 1980 com um rock mais próximo do Pop, que flertava com os mais diferentes gêneros, em um estilo único que os transformaria em ícones da música mundial.

And bad mistakes

I've made a few

I've had my share of sand

Kicked in my face

But I've come through

And we mean to go on and on and on and on


We are the champions, my friends

And we'll keep on fighting

Till the end

B-52’S – LOVE SHACK (1989)

O New Wave era mais uma vertente do rock, que surgia durante os anos 1980 com muitos sintetizadores e melodias dançantes. B-52’s é um dos grupos mais expressivos do gênero.

I'm headin' down the Atlanta highway, lookin' for the love getaway

Heading for the love getaway, love getaway

I got me a car, it's as big as a whale and we're headin' on down

To the Love Shack

GUNS ‘N ROSES – WELCOME TO THE JUNGLE (1987)

O Guns ‘N Roses é uma das mais conhecidas bandas de Hard Rock do final dos anos 1980, cujo álbum de estreia, “Appetite  for Destruction”, ainda é um dos mais vendidos no mundo todo.

Welcome to the jungle

We got fun and games

We got everything you want

Honey, we know the names

We are the people that can find

Whatever you may need

If you got no money, honey

We got your disease

NIRVANA – SMELLS LIKE TEEN SPIRIT (1992)

O estilo Grunge marca os anos 1990, um rock alternativo com letras apáticas cantadas por jovens de roupas despojadas. O Nirvana é um dos seus maiores representantes.

With the lights out, it's less dangerous

Here we are now, entertain us

I feel stupid and contagious

Here we are now, entertain us

THE STROKES – HARD TO EXPLAIN (2001)

O Indie dos Strokes reflete o rock do século 21, que mistura a influência do som da década de 1960 com elementos mais atuais. Esse tipo de música vem da cena underground, em sua maioria produzida de maneira independente das grandes gravadoras.

I say the right things but act the wrong way

I like it right here but I cannot stay

I watch the TV; forget what I'm told

Well, I am too young, and they are too old

Oh, man, can't you see I'm nervous, so please

Pretend to be nice, so I can be mean

I miss the last bus, we take the next train

I try but you see, it's hard to explain

THE BLACK KEYS – LONELY BOY (2011)

A dupla Black Keys é bastante representativa do Rock Alternativo moderno: começaram gravando e produzindo as próprias músicas em uma garagem com equipamentos improvisados e acabaram se tornando um dos grupos mais expressivos do gênero na década de 2010. Seu estilo único combina o Blues com sons do Pop e da música eletrônica, explorando uma nova fase do rock.

Well I’m so above you, and it's plain to see

But I came to love you anyway

So you pull my heart out

And I don't mind bleeding

Any of the time you keep me waiting, waiting, waiting

Oh, oh, oh, I got a love that keeps me waiting

A música é uma ótima ferramenta para praticar o inglês e se divertir! Seja qual for o seu estilo favorito, inspire-se nas escolhas do Yázigi para ampliar sua playlist e curta o Dia do Rock!

Confira também no Spotify a playlist do Yázigi "Para cantar em inglês", no nosso blog as músicas românticas para você mandar para o crush e as melhores músicas para curtir durante uma viagem. Temos dicas de músicas para todos os momentos que você precisar! Conte pra gente nos comentários qual é a música que você mais arrasa cantando. 

Tweetar
Compartilhar
+1
©Yázigi Todos os direitos reservados.
Av. João Scarparo Netto, 84 Condomínio Unique Village - Santa Genebra 13080-655 - Campinas/SP
Pearson - Always Learning