8 ERROS QUE VOCÊ NÃO PODE COMETER NO SEU INTERCÂMBIO

YZG | Intercâmbio

23

AGO

Viajar para outro país é uma experiência incrível e deve ser aproveitada do começo ao fim. Se você já sabe qual tipo de intercâmbio quer fazer e já tirou as principais dúvidas, está na hora de saber como evitar alguns erros, tanto na hora de organizar a viagem quanto para quando já estiver no seu destino. No post de hoje, o Yázigi selecionou 8 dicas do que você não pode fazer. Confira!

Leve seus gostos em consideração

Se você odeia frio e chuva, não vá para um lugar que tem o inverno muito rigoroso ou chove o tempo todo. Se prefere uma vida mais agitada, não adianta escolher uma cidade pequena do interior. Levar seus gostos em consideração pode parecer uma dica óbvia, mas estudar o clima, a alimentação e os costumes do destino é essencial para saber se você está indo para um país com o qual irá se identificar.

Preocupe-se com sua saúde

Você pode ter uma saúde ótima ou não ter pegado um resfriado nos últimos tempos, mas isso não te livra de ter que passar por um check-up antes do intercâmbio. Além de alguns destinos exigirem vacinas para a entrada, também é uma oportunidade de se prevenir. Afinal, cada país tem seu próprio sistema de saúde e eles podem ser bem restritos para estrangeiros. Contrate um serviço de seguro com boa cobertura médica (em alguns países, isso também é obrigatório) e leve os remédios de que você já sabe que pode precisar.

Avalie todos os custos

Ao fechar um intercâmbio, é normal levarmos em consideração o câmbio da moeda e o custo do curso antes de fechar. Entretanto, é importante fazer um comparativo geral antes de se comprometer. Um lugar em que a moeda seja mais cara, mas o custo de vida seja menor, pode ser mais interessante para aproveitar tudo o que o país pode oferecer. Busque conversar com pessoas que já foram para os destinos que está considerando, para saber a média de gastos com moradia, alimentação e transporte.

Encontre um lugar para ficar antes de ir

Conseguir moradia pode ser uma dor de cabeça enorme se você tem prazos curtos, afinal, buscar vagas e fazer visitas leva tempo. Vá com, no mínimo, uma semana de estadia garantida. Mesmo porque, na sua chegada, o funcionário da imigração pode perguntar onde você irá ficar e, caso não tenha como comprovar algum tipo de reserva ou convite, pode até ser impedido de entrar no país.

Não acredite que tudo que é de fora é perfeito

Embora existam pontos positivos em outros países que gostaríamos de adotar para o Brasil, não podemos achar que é tudo lindo. Todo lugar, independentemente do continente onde se encontre, tem problemas. Não saia do seu país acreditando que irá conhecer o paraíso, pois poderá se decepcionar ao descobrir que seu destino também tem defeitos e que você terá que conviver e aprender a lidar com eles.

Não deixe o aprendizado em segundo plano

Viajar é uma experiência incrível. Você quer aproveitar tudo ao máximo, o que é muito importante. Porém, é essencial ter foco. Se seu objetivo no país for melhorar o idioma, então sua prioridade deve ser o estudo. Não é raro encontrar pessoas que estão há muito tempo fazendo intercâmbio, mas que não evoluíram na língua por deixar de frequentar as aulas e fazer as tarefas. Você pode sair, conhecer pessoas e aproveitar seu intercâmbio sem deixar de lado os estudos; basta se organizar.

Peça ajuda

Você pode e deve pedir ajuda sempre que precisar. Viver em um outro país, com uma cultura diferente e uma língua que não domina pode ser difícil, mas não é impossível. Você pode precisar de auxílio para andar de transporte público, encontrar um endereço, fazer compras em um supermercado ou em qualquer outra situação. Por isso, deixe o medo em casa e vá disposto a encarar as situações e pedir ajuda sempre que necessário.

Não traga muito mais do que levou

Fazer compras e trazer lembrancinhas é normal, e todos fazem isso. Mas é importante tomar cuidado para não ter problemas com excesso de malas na volta. Ao comprar uma passagem com ida e volta, a mesma franquia de bagagem da ida vale para o retorno. Entretanto, se comprar trechos separados, precisará se atentar às regras de cada passagem. Embora não seja um problema irremediável, programar-se é importante, já que o valor para a bagagem extra costuma ser alto.

Viajar para outro país é uma ótima forma de conhecer um novo idioma, novos lugares, novas pessoas e outras culturas. Se seu sonho é fazer um intercâmbio ou viagens para conhecer o mundo, acompanhe o nosso blog para saber dicas que vão fazer toda a diferença.

Venha para o Yázigi e comece agora a estudar um novo idioma. Esteja preparado para viver uma experiência pelo mundo.

Tweetar
Compartilhar
+1

Cursos Relacionados

Y-Books Relacionados

©Yázigi Todos os direitos reservados.
Av. João Scarparo Netto, 84 Condomínio Unique Village - Santa Genebra 13080-655 - Campinas/SP
Pearson - Always Learning