SEU INGLÊS É SUFICIENTE PARA UM INTERCÂMBIO?

YZG | Inglês

04

JAN

Entenda que a resposta à pergunta “seu inglês é suficiente para um intercâmbio?” pode não depender só de você. Muitos países exigem uma comprovação de nível de proficiência, restringindo a concessão do visto apenas para aqueles que atenderem a uma especificação mínima. Geralmente, essa classificação está de acordo com a proposta pelo Quadro Comum Europeu de Referência para Línguas (CEFR), e está dividida em:

Básico (A1 e A2)

Intermediário (B1 e B2)

Avançado (C1 e C2)

Para obter o certificado com o seu nível de inglês, é preciso realizar testes autorizados a emitir tal certificação, como o TOEFL, o TOEIC ou o IELTS.  Essas provas são notadamente complexas e irão medir com exigência o seu domínio do idioma.

Acesse o nosso post sobre níveis de proficiência em inglês e veja mais sobre o assunto.

Foco do intercâmbio

Os seus objetivos no novo destino implicarão diretamente na decisão de qual nível de proficiência é mais compatível a você. Nesse sentido, temos três focos principais, que são:

Estudar inglês

Você pode optar por fazer um curso de inglês fora do país, visando aproveitar uma experiência bem imersiva no idioma. Nesse caso, é provável que não se exija que você apresente um nível avançado, visto que as agências já possuem convênios para dar permissões a estudantes que se mudam justamente para aprender inglês.

Porém, ainda assim é fundamental que você viaje com um domínio, no mínimo, intermediário. Pense que no dia a dia você precisará andar pelas ruas, ir ao mercado, conversar com as pessoas e fazer novos amigos! Imagine tudo isso sem saber falar inglês? Fica bem complicado, né? Entenda que a viagem é para te colocar em um contato constante com a língua, e não te ensinar do zero, palavra por palavra!

Estudar em uma universidade

Se o seu intercâmbio possui vínculo com alguma instituição de ensino - para graduações, cursos rápidos ou mestrados, por exemplo -, é bem provável que você tenha que atestar seu nível de inglês formalmente. Nesses casos, é comum que se exija uma proficiência B2 ou C1, no mínimo. Caso contrário, não é possível conseguir a vaga de estudos nem a permissão do governo para o visto.

Portanto, pesquise bastante sobre o intercâmbio educacional que deseja fazer e se prepare para ele! Estude o tempo que for necessário e só dê entrada nos processos de seleção quando possuir o nível de inglês compatível com as exigências da instituição.

Trabalhar

Se o seu objetivo é trabalhar em uma grande companhia fora do Brasil, é essencial que você apresente uma proficiência avançada e fluente no inglês. No trabalho, você estará sempre em contextos onde não pode haver falhas comunicativas. A própria empresa irá exigir um inglês fluente, já que você terá que se submeter a entrevistas e outros testes dos processos seletivos. Além disso, pode ser que o próprio governo exija uma comprovação de fluência para liberar o seu visto de trabalho.

Dicas para treinar o inglês

Antes de pensar em qualquer intercâmbio, estude inglês e prepare-se para morar fora do país! O ideal mesmo é que você alcance um nível avançado ainda no Brasil e se mude apenas para ter um contato maior com o idioma, e não aprendê-lo do zero. Além de expandir suas possibilidades de estudos e de trabalho, falar inglês fluente irá tornar sua vida lá fora bem mais fácil.

Então, para te ajudar a praticar o idioma, nós separamos algumas dicas do nosso blog. Confira!

7 coisas que você pode fazer para ganhar confiança no inglês

10 músicas que vão fazer você praticar inglês e sentir muita nostalgia

Filmes fáceis para aprender inglês

Venha para o Yázigi!

Aprenda inglês com quem pensa como você. Escolha a unidade mais próxima, junte-se ao Yázigi e torne-se um cidadão do mundo!

Tweetar
Compartilhar
+1
©Yázigi Todos os direitos reservados.
Av. João Scarparo Netto, 84 Condomínio Unique Village - Santa Genebra 13080-655 - Campinas/SP
Pearson - Always Learning