O YÁZIGI RESPONDE AS DÚVIDAS DE INGLÊS MAIS FREQUENTES DOS BRASILEIROS

YZG | Inglês

14

NOV

Sempre que estamos aprendendo novas coisas em inglês, é normal tentarmos compará-las ao português. Acontece que existem regras dessa língua que não são como as nossas, o que pode deixar qualquer estudante confuso. Nesse post, o Yázigi vai apontar as principais dúvidas que os brasileiros têm ao falar inglês e te ajudar a dominar o idioma!

Como falar as palavras com o som parecido?

Algumas palavras em inglês têm a grafia e a pronúncia muito parecidas. Se você não prestar atenção nos pequenos detalhes das letras e sons, vai acabar formulando uma frase muito louca!

Bed não tem o mesmo som de bad, nem steal é steel. Esses dois exemplos para os brasileiros podem soar iguais, mas a forma como se deve pronunciar o ‘’e’’ e o ‘’a’’ são levemente diferentes, e um fluente ou nativo percebe a diferença entre eles.

Existem também as palavras de pronúncia igual, mas de grafia e significado diferentes. Por exemplo, hi e high, cell e sell, whole e hole,break e brake. Por isso, é importante que você pratique! Ouça músicas, assista a filmes e séries e não deixe de conversar com outras pessoas para conseguir compreender sem problemas o som e o significado de cada palavra em uma frase.

As palavras de grafia parecida com o português têm o mesmo significado das nossas?

Você já deve ter ouvido falar dos falsos cognatos, não é? Esses falsos amiguinhos são palavras em inglês com a grafia parecida ou idêntica às palavras do português. O significado delas, porém não tem nada a ver com os nossos! Aqui estão alguns exemplos:

Actually

Parece: atualmente

Significa: na verdade

Anthem

Parece: antena

Significa: hino

Braces

Parece: braços

Significa: aparelho dentário

Cigar

Parece: cigarro

Significacharuto

Collar

Parece: colar

Significa: gola ou coleira

Costume

Parece: costume

Significa: fantasia

Legend

Parece: legenda

Significa: lenda

Push

Parece: puxar

Significa: empurrar

Para não acabar se confundindo, é muito importante que você esteja sempre acrescentando novas palavras ao seu vocabulário, tomando os devidos cuidados para não acabar errando. Clicando aqui, você consegue ver mais palavras que são falsas cognatas.

O que acontece se eu traduzir para o português?

Certas coisas não podem ser traduzidas ao pé da letra, já que existem expressões que não existem em outros países do mesmo jeito que aqui, e vice-versa. A nossa frase “acertou na mosca”, por exemplo, não pode ser traduzida para “hit the fly!” porque ninguém entenderia! Em inglês, ela seria hit the bull’s eye e, se traduzíssemos para o português também ficaria estranho, já que ela significaria “acertou no olho do touro”.

Ao mesmo tempo em que “under the weather” em português significaria “embaixo do tempo”, ela significa “sentir-se mal” em inglês. Para que nunca aconteça uma confusão, é melhor ser cuidadoso na hora de decidir traduzir as palavras!  

Como se formula uma pergunta no passado?

Todas as perguntas em inglês vêm com um verbo auxiliar, a inversão de was e were ou com as question words como what, when, who, how, entre outras no início da frase. Para se formular uma pergunta no passado, é preciso colocar o did no começo, e por causa dele, o verbo principal sempre é escrito no infinitivo sem o to! Veja um exemplo:

Did you sleep well yesterday? –Você dormiu bem ontem?

Did you pay the bill? – Você pagou a conta?

What did you do last weekend? - O que você fez no fim de semana passado?

Were you busy last night? - Você estava ocupado ontem?

Where was Adriana this morning? - Onde a Adriana estava esta manhã?

Existem palavras em inglês escritas iguaizinhas ao português?

Sim, e muitas! Mas assim como já dissemos, algumas delas não possuem os significados iguais aos nossos. E cuidado com a pronúncia! Elas não se assemelham às nossas. Veja alguns exemplos de palavras com o significado e a escrita iguais, diferentes dos falsos cognatos:

  • Chocolate                            
  • Envelope                             
  • Crime
  • Funeral
  • Hospital
  • Hotel
  • Radio
  • Real

Como sei a preposição correta para colocar nos phrasal verbs?

No português, não usamos preposições após os verbos para que eles tenham outro significado. Já no inglês existem os phrasal verbs, que são verbos que mudam de significado dependendo da preposição que os acompanha.

Como não existe uma regra aqui, para saber qual preposição usar depois do verbo, ler bastante e consultar bons dicionários são os principais passos. Vamos citar agora alguns phrasal verbs muito usados para você se familiarizar com eles!

Com o verbo to get

Get up – levantar da cama

I have to get up at 6 a.m. tomorrow. – Eu preciso me levantar às 6 horas amanhã.

Get over - recuperar-se ou melhorar de uma doença

My father finally got over the flu. – Meu pai finalmente se recuperou da gripe.

Get by – sobreviver ou “se virar”

I don’t know how to cook well, but I can get by. – Eu não sei cozinhar bem, mas eu me viro.

Com o verbo to look

Look into – investigar ou estudar

We must look into the book to discover the secret. – Nós precisamos estudar o livro a fundo para descobrir o segredo.

Look after - cuidar ou tomar conta

My sister asked me to look after her daughter today. – Minha irmã me pediu para cuidar da filha dela hoje.

Look up - procurar algo que está em uma lista

If you don’t know what it means, look it up in the dictionary. – Se você não sabe o significado, procure no dicionário.

Com o verbo to put

Put (somebody) down - criticar alguém

I don’t talk to her anymore because she puts me down all the time. Eu não converso mais com ela, porque ela me critica o tempo todo.

Put up with (something/somebody ) – suportar alguma coisa ou alguém

I can’t put up with loud noises. – Eu não suporto sons altos.

Put (something) together - montar, juntar as peças de algo

It will be hard to put this puzzle together. - Vai ser difícil montar este quebra-cabeças.

Como pronunciar o –th?

Do mesmo jeito que o nosso “ão” não existe em outras línguas e sempre percebemos estrangeiros com dificuldade em pronunciá-lo, o som do –th também não existe em português em nenhuma letra ou construção de palavra, o que pode tornar um pouco mais difícil para a gente.

Uma dica para acertar no som corretamente do –th é colocar levemente a língua entre os dentes da frente. Isso faz com que o barulho saia algo entre “Z” e “D” quando dizemos they, that, this e those. E quando falamos think, thousand, thought, thank, etc, sai algo entre “F”, “S” e “T”!

Qual é a regra dos adjetivos?

Lembra que toda frase interrogativa em inglês precisa de um auxiliar, a inversão do be ou uma question word? Então, sempre que você for aplicar um adjetivo a algum substantivo, ele virá antes. Olhe alguns exemplos:

My grandmother has a very nice cat. – Minha avó tem um gato muito legal.

She is an intelligent student. – Ela é uma estudante inteligente.

Agora as coisas estão mais claras? Esses foram os principais pontos que fazem os brasileiros se confundirem na hora de falar inglês, normalmente pelo excesso de comparação com o português. Continue treinando os pequenos detalhes e lembre-se sempre de prestar atenção!

Venha para o Yázigi!

Quer aprender tudo sobre inglês para ser um cidadão do mundo? Conheça os cursos do Yázigi e comece agora a se preparar para o futuro!

Tweetar
Compartilhar
+1
©Yázigi Todos os direitos reservados.
Av. João Scarparo Netto, 84 Condomínio Unique Village - Santa Genebra 13080-655 - Campinas/SP
Pearson - Always Learning