5 PAÍSES LÍDERES EM TRANSPORTE SUSTENTÁVEL

YZG | Cultura

27

FEV

Uma das principais pautas presentes em discussões sobre crescimento sustentável e preservação do meio ambiente se refere à mobilidade urbana. A emissão de gases por veículos movidos a combustão interna - como carros e motocicletas tradicionais - é responsável pela maior parte dos poluentes na atmosfera, o que causa efeitos danosos à saúde.

A consolidação de uma mobilidade urbana mais sustentável passa por diversas propostas. Primeiro, é preciso desestimular as pessoas a andar de carro, investindo em melhorias no transporte público e na infraestrutura para veículos alternativos, como bicicletas. Além disso, os governos devem estimular as indústrias a fabricar motores que se utilizam de outros tipos de energia, como os dos carros elétricos.

Nesse sentido, alguns países se destacam pela promoção de medidas que visam tornar o trânsito menos inchado e mais sustentável. Veja alguns deles:

Dinamarca

A frase no site oficial do país cita que “The bike is a Dane’s best friend” (em português, a bicicleta é a melhor amiga do dinamarquês). Na Dinamarca, a bicicleta não é apenas um meio de transporte, mas sim uma parte da cultura nacional. Estima-se que 9 de 10 pessoas tenham uma dentro de casa, percorrendo a média de 1,6 km por dia sobre duas rodas! Desde a crise do petróleo na década de 1970, o governo dinamarquês trabalha para colocar as bikes como o principal veículo do país. O objetivo é, até 2025, reduzir as emissões de gás pelos carros a zero.

Holanda

Uma das primeiras coisas que vem à mente quando falamos da Holanda são as bicicletas - e depois os moinhos de vento e os campos de tulipas. Só na cidade de Amsterdã, há mais bikes do que pessoas: 880 mil contra 800 mil! O restante do país oferece uma grande infraestrutura para pedalar, com espaços destinados aos ciclistas na rua, trânsito e sinais próprios, e uma variedade de locais para estacionar. Além disso, os próprios ônibus e trens são preparados para abrigar os veículos de duas rodas!

Alemanha

As cidades alemãs - com destaque para metrópoles como Berlim e Frankfurt - apostam na melhoria da infraestrutura com o aumento e a integração das diversas linhas de transporte público; além da preparação dos espaços urbanos para veículos elétricos e autônomos. Além disso, o governo cria medidas para incentivar os moradores a não comprar carros e andar de bike, por exemplo.

Cingapura

A cidade-estado da Ásia é um exemplo do uso da tecnologia para a sustentabilidade da mobilidade urbana. Além de utilizar-se de tecnologias de monitoramento para prever congestionamentos e incentivar o desenvolvimento de serviços de compartilhamento de veículos, o governo investe pesado no transporte público. Segundo dados do Índice de Cidades Sustentáveis em Mobilidade divulgado em 2017, cerca de 66% da população utiliza os trens e metrôs disponíveis. A meta é que esse número aumente para 75% até 2030!

Reino Unido

O Reino Unido é pioneiro no que se refere à mobilidade urbana, sendo Londres a primeira cidade da história a construir uma malha subterrânea, o famoso subway! A cidade também adotou um sistema de cobrança de pedágio, o que ajuda a diminuir o número de carros, principalmente no centro. O objetivo para os próximos anos é estender a capacidade do metrô e incentivar o uso de sistemas de compartilhamento e de carros autônomos.

Venha para o Yázigi!

Aprenda inglês com quem pensa como você. Escolha a unidade mais próxima, junte-se ao Yázigi e torne-se um cidadão do mundo!

Tweetar
Compartilhar
+1
©Yázigi Todos os direitos reservados.
Av. João Scarparo Netto, 84 Condomínio Unique Village - Santa Genebra 13080-655 - Campinas/SP
Pearson - Always Learning